Política

Deonísio da Silva: Pôr a mão no fogo por alguém

Deonísio da Silva: Pôr a mão no fogo por alguém

Quem põe as duas mãos no fogo é o atual governador do Rio. Quem o contempla no sacrifício é o seu antecessor.

Luiz Fux dá liminar que impede a extradição de Cesare Battisti

Luiz Fux dá liminar que impede a extradição de Cesare Battisti

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu nesta sexta-feira uma liminar que impede a extradição do italiano Cesare Battisti,

Glaucos da Costamarques

Registros de hospital contrariam depoimento de laranja de Lula

O Hospital Sírio-Libanês, entretanto afirmou não ter registros da entrada de Teixeira no período citado e informou que apenas o contador fez três visitas a Glaucos, em 3 de dezembro de 2015 e nos dois dias seguintes.

Marco Aurélio e Gilmar dizem que decisão do STF inibirá cautelares

Corte decidiu é que as medidas que interfiram no mandato parlamentar podem ser aplicadas mas precisam passar pelo crivo da casa legisl

“Lula está mais perto da prisão que das eleições”, diz Doria

Ele disse ainda acreditar que o ano de 2018 terá mais crescimento econômico, inflação controlada e “menos populismo”

MP abre inquérito contra Celina Leão e o defensor público-geral do DF

Caso, que será investigado pela Decap, inclui denúncias de violação de sigilo profissional e prevaricação 

Justiça manda soltar ex-governador Agnelo Queiroz. Ele já está em casa

Foram soltos também o dono da Via Engenharia, Fernando Queiroz; e os ex-presidentes da Novacap Nilson Martorelli, e Terracap, Maruska Lima

Delator diz que Temer pediu R$ 10 milhões à Odebrecht em 2014 no Jaburu

Delator diz que Temer pediu R$ 10 milhões à Odebrecht em 2014 no Jaburu

Ex-vice de Relações Institucionais da empreiteira afirmou que Temer, à época vice-presidente, pediu repasse ‘direta e pessoalmente’ a Marcelo Odebrecht. Presidência disse repudiar delação.

PF faz buscas nas casas de ministro do TCU e de ex-presidente da Câmara

Vital do Rêgo e Marco Maia são suspeitos de terem cobrado propina para blindar fornecedores da Petrobras na CPI mista que investigou a estatal em 2014.

Cármen Lúcia marca para 3 de novembro julgamento de ação que pode ameaçar cargo de Renan

Cármen Lúcia marca para 3 de novembro julgamento de ação que pode ameaçar cargo de Renan

Ação ajuizada pela Rede Sustentabilidade argumenta que o presidente da República não pode, no exercício das suas funções, responder a ações penais por crimes comuns;

Página 2 de 2

Login

Welcome! Login in to your account

Lembrar Senha Esqueceu sua senha?

Lost Password